20/04/2016

O líder do PPS na Câmara dos Deputados Rubens Bueno (PPS-PR) apresenta nesta quarta-feira à Justiça Federal ação popular contra a presidente Dilma Rousseff e contra o advogado-geral da União (AGU) José Eduardo Cardozo pelo fato de a petista estar usando os serviços da advocacia da União em sua defesa pessoal no processo de impeachment em tramitação no Congresso.

O parlamentar alega desvio de finalidade e uso político da AGU e diz que a ilegalidade é exemplificada pelo fato de "a União não ser responsável de nenhuma forma pelos crimes de responsabilidade que são imputados à chefe do Poder Executivo Federal".

"A AGU está assumindo um claro posicionamento político que não se coaduna com seu mister constitucional", critica o deputado.

No processo, o líder do PPS cita a atuação na AGU na tentativa de barrar o impeachment no Supremo Tribunal Federal (STF), o discurso político de Cardozo contra um suposto "golpe" em andamento e conclui: "a utilização política da Advocacia-geral da União para a defesa pessoal [de Dilma] caracteriza evidente desvio de finalidade (...) eis que a instituição destinada à representação judicial e extrajudicial da União está sendo utilizada para o patrocínio de interesses de natureza privada, que é a defesa contra a imputação de crime de responsabilidade à presidente da República".

Fonte:Veja
Post: G. Gomes
Canal: www.deljipa.blogspot.com.br
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu Comentário, com responsabilidade:

Entre com o Email

Seja o primeiro a saber

Utilidades











Instagram


Top Comentaristas

Random Posts

Os Mais Acessados