19/01/2017

A CIA, Agência de inteligência dos Estados Unidos, colocou à disposição, na internet, mais de 11.000 documentos com referências ao Brasil, produzidos entre 1940 e 1990. De acordo com a Folha de S.Paulo, os documentos estão inseridos em cerca de 13 milhões de páginas anteriormente classificadas com algum tipo de sigilo.

São telegramas, recomendações sobre política externa, análises semanais e anuais sobre o país, além de artigos de jornal.

Em 1986, por exemplo, há um documento que analisa os esforços do PT para deixar de ser apenas um “partido de operários”. Segundo o informe, havia um esforço para que se formasse uma base de militância mais robusta, buscando eleitores mais jovens.

De acordo com a CIA, o então deputado Luiz Inácio Lula da Silva intensificava tratativas com o líder cubano Fidel Castro. “Castro hospedou o líder do PT duas vezes em 1985 e de novo em fevereiro de 1986, durante o 3º Congresso do Partido Comunista Cubano”, diz o texto.

Em outro documento classificado como sigiloso e datado de março de 1970, a agência vê com simpatia o general ditador Emilio Garrastazu Médici (1905-1985) e classifica as reiteradas denúncias de torturas no Brasil como “alegados casos”. Os documentos podem ser consultados no site da CIA

Informações: NBO
Post: G. Gomes
Canal: www.deljipa.blogspot.com.br
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu Comentário, com responsabilidade:

Entre com o Email

Seja o primeiro a saber

Utilidades











Instagram


Top Comentaristas

Random Posts

Os Mais Acessados