02/04/2017

O Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP) teve aumento de 1.766% de verbas provenientes do Fundo de Financiamento Estudantil) para o IDP (Instituto Brasiliense de Direito Público (Fies) em dois anos, entre 2014 e 2016. A faculdade privada tem como um dos sócios o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

De acordo com o UOL, recursos totais destinados ao Fies aumentaram 40% no mesmo período.

Segundo dados do Portal da Transparência do governo federal, os repasses do Fies para o IDP passaram de R$ 75 mil em 2014 para R$ 1,4 milhão em 2016, um aumento de 1.766%.

Em 2015,o ministro chegou a criticar a gestão de Dilma Rousseff por ter ampliado os recursos do programa no ano anterior, quando foram realizadas eleições presidenciais.

A assessoria da faculdade, fundada em 1998, alega que apenas 11% dos alunos têm mensalidades financiadas pelo Fies e que o número vem sendo reduzido.

O IDP afirma que o crescimento do valor repassado pelo governo à faculdade "se deve ao fato de que apenas no segundo semestre de 2014" é que o "IDP passou a receber alunos com esta modalidade de contratação".

Informações: Noticiaominuto
Post: G. Gomes
Canal: www.deljipa.blogspot.com.br
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu Comentário, com responsabilidade:

Entre com o Email

Seja o primeiro a saber

Utilidades











Instagram


Top Comentaristas

Random Posts

Os Mais Acessados