30/05/2017

Em uma de suas tentativas atrapalhadas de explicar o encontro clandestino com Joesley Batista, Michel Temer disse que o empresário lhe pediu o encontro para tratar da Operação Carne Fraca.

Logo foi desmentido, pois a operação só foi deflagrada dez dias depois, em 17 de março. O Antagonista descobriu agora que a versão pode ter sido um ato falho de Temer.

Joesley pediu, sim, um encontro com o presidente para tratar da Carne Fraca, mas um segundo encontro, que acabou não ocorrendo por problemas de agenda. De qualquer forma, fica claro que o pedido feito por meio de Rocha Loures chegou no presidente.

O dono da JBS entregou à PGR uma coletânea de diálogos com Rodrigo Rocha Loures pelo aplicativo Confide, que destrói as mensagens assim que são lidas. Precavido, Joesley fotografou e gravou as conversas com outro celular.

Rocha Loures pergunta se o encontro seria mesmo na segunda-feira, ao que Joesley diz "Sim, amanhã, ou terça."

Eles trocam mais algumas mensagens e Rocha informa que Temer estará em São Paulo, para um evento na Amcham. Ele explica que a agenda está lotada e, como está fora, seria melhor Joesley tentar combinar diretamente com o ajudante de ordens do presidente.

Joesley questiona se era melhor ligar ou deixar que "o chefe" ligasse. Rocha sugere que ele mesmo telefone e passa o celular do AJO, capitão Lemos.




Fonte: Antagonista
Capa:http://encurtador.com.br/pqvNO
Edição: G. Gomes
Para: www.deljipa.blogspot.com.br
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu Comentário, com responsabilidade:

Entre com o Email

Seja o primeiro a saber

Utilidades











Instagram


Top Comentaristas

Random Posts

Os Mais Acessados