17/05/2017

A Google continua sendo apontada por muitas organizações de proteção de direitos autorais como uma das responsáveis pela existência da pirataria. As editoras discográficas também estão envolvidas nestas acusações, com o YouTube a ser particularmente polêmico devido à presença de álbuns inteiros na plataforma.

Inicialmente o YouTube pretendia eliminar estes álbuns partilhados sem autorização através da ferramenta ContentID, algo que foi evitado pelos usuários com uma ligeira alteração do ritmo da música para evitar que fossem identificados.

Porém, o YouTube pode ter uma solução, com o responsável da divisão de música da plataforma, Lyor Cohen, garantindo mudanças para o futuro.

Em entrevista ao jornal Recode, Cohen garantiu que já discutiu o assunto com a equipe responsável pelo Content ID, confirmando que está trabalhando para uma solução de forma a identificar álbuns que sejam disponibilizados sem as devidas licenças através da plataforma.
 O Outro Lado da Moeda
Os Artistas bons e ruins, com trabalhos bons ou ruins despejam sua obras em nossa casas, computadores, midias em geral e não nos pagam nada por isso, muito deles até perturbam o sossego das pessoas, mas tem o direito de cobrar seus direitos autorais etc, muito bem.
Já está a chegando a hora das pessoas colocarem um freio nos abusos das produtoras que invadem as Tvs abertas por exemplo e bombardeiam os cidadãos dioturnamente com seus trabalhos de forma repetida e estressante e não nos pagam nada por isso.tenho dito.
Informações: Noticiaominuto
Post: G. Gomes
Canal: www.deljipa.blogspot.com.br
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu Comentário, com responsabilidade:

Entre com o Email

Seja o primeiro a saber

Utilidades











Instagram


Top Comentaristas

Os Mais Acessados