24/05/2017

Paulo Roberto Costa e Pedro Barusco
O ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e o ex-gerente da estatal Pedro Barusco devem ser ouvidos pelo juiz Sérgio Moro como testemunhas de acusação em uma ação penal da Lava Jato que envolve o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta quarta-feira (24/05/2017).

Moro é responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância. A audiência será na sede da Justiça Federal do Paraná, em Curitiba, e está prevista para começar às 14 horas.

Nesta ação penal, Lula é réu por ter, supostamente, recebido vantagens indevidas da Odebrecht, por meio da compra de um terreno, em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, e também de um apartamento no mesmo andar do prédio em que ele mora, na mesma cidade.

O terreno seria usado para construir uma nova sede para o instituto social que leva o nome do ex-presidente, e o apartamento é usado até hoje por Lula, como casa para os policiais federais que fazem a segurança dele.

A defesa de Lula nega as acusações, dizendo que o terreno jamais foi entregue ao Instituto Lula e que o apartamento em que ficam os seguranças é alugado.

Informações: NBO
Post: G. Gomes
Canal: www.deljipa.blogspot.com.br
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu Comentário, com responsabilidade:

Entre com o Email

Seja o primeiro a saber

Utilidades











Instagram


Top Comentaristas

Random Posts

Os Mais Acessados