11/06/2017

Dois homens foram presos na noite desta sexta-feira (9/6/17) sob suspeita de tatuar uma frase no rosto de um adolescente em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. Na testa do garoto de 17 anos foi escrito: "Eu sou ladrão e vacilão".

O tatuador Maycon Wesley Carvalho dos Reis, 27, e seu vizinho, o pedreiro Ronildo Moreira de Araújo, 29, foram presos em flagrante e indiciados por tortura.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública, os dois confessaram o crime. A Folha de S.Paulo não conseguiu contato com seus advogados.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, os dois homens cometeram o crime depois que o "adolescente tentou roubar uma bicicleta". Essa suposta tentativa de roubo não foi confirmada pela polícia.


A tortura ao adolescente foi gravada com um celular: o vídeo circulou em grupos nas redes sociais.

A família do adolescente acionou a polícia após reconhecê-lo nas imagens. Segundo o relato da família aos policiais, o jovem é usuário de drogas e está desaparecido desde o dia 31 de maio.

Os dois presos afirmaram que, após a tortura, liberaram o garoto com vida.



Informações: Folhapress
Imagem:http://encurtador.com.br/rxIQ8
Post: G. Gomes
Para: www.deljipa.blogspot.com.br
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu Comentário, com responsabilidade:

Entre com o Email

Seja o primeiro a saber

Utilidades











Instagram


Top Comentaristas

Random Posts

Os Mais Acessados