21/06/2017

O doleiro Lúcio Funaro deu um depoimento explosivo no inquérito contra Michel Temer. Ele contou que apresentou Geddel Vieira Lima a Joesley Batista e que atuou na liberação de todos os empréstimos da Caixa Econômica para as empresas do grupo J&F.

Funaro revelou que “a última operação de crédito viabilizada foi uma linha de R$ 2,7 bilhões para a compra da Alpargatas, ocorrida em Dezembro de 2015”.

Geddel, mesmo fora da Vice-Presidência de Pessoa Jurídica da Caixa, continuava controlando-a. Pela operação, ele receberia R$ 80 milhões em propina.

Funaro disse que pagou a Geddel um total de R$ 20 milhões em propina por essas liberações, assim como para empréstimos ao frigorífico Marfrig.


Informações: Nbo
Post: G. Gomes
Para: www.deljipa.blogspot.com.br
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu Comentário, com responsabilidade:

Entre com o Email

Seja o primeiro a saber

Utilidades











Instagram


Top Comentaristas

Os Mais Acessados