04/07/2017

Pela primeira vez o Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Rondônia (Iperon) terá um sistema próprio para a concessão de benefícios e outros serviços, de forma mais ágil, segura e confiável, que mesmo com a mudança de gestores não sofrerá alterações.

Trata-se do IperonPrev, que já é utilizado internamente no Iperon, e está em fase de testes para ser expandido até o fim do ano a todos os órgãos do estado, permitindo acesso também fora do ambiente de trabalho para os cerca de 54 mil servidores, que poderão simular a aposentadoria, efetuar agendamento pericial e emitir dare avulso de recolhimento previdenciário (aplicado aos servidores que estão de licença sem remuneração), entre outros serviços.

Para que o IperonPrev pudesse ser disponibilizado às suas regionais e aos demais órgãos estaduais, o governo estadual investiu cerca de R$ 2,5 milhões em inovação e ampliação do parque tecnológico do Instituto de Previdência.

“Esses recursos destinaram-se à reestruturação da rede lógica (a qual já está atrelada à infovia), aquisição de novos servidores, storage, softwares licenciados e equipamentos de segurança, garantindo a confiabilidade e segurança na tramitação dos dados entre as regionais e demais órgãos do governo”, destacou Jaime Vilarim, coordenador de Redes do Iperon.

Desenvolvido pelo coordenador de Sistemas do Iperon, Saulo Mendes, juntamente com o analista de Banco de Dados, Theomar Rego, o sistema agrega os dados cadastrais, funcionais e financeiros dos três Poderes, permitindo a emissão de certidão de tempo de contribuição dos servidores, averbações de outros regimes, emissão de ficha funcional e financeira, extrato de contribuições, atos concessórios, perícia médica, simulação de aposentadoria, censo previdenciário presencial e online, arrecadação e compensação previdenciária.

No âmbito de concessão de benefícios, o sistema disponibiliza aposentadoria por idade, invalidez, idade e tempo de contribuição; pensão, reserva remunerada e reforma. A ferramenta possui ainda um módulo chamado Sisobi, o qual recebe mensalmente informações de obituários do Ministério da Previdência e logo em seguida é gerado um relatório analítico contendo todos os servidores ativos e aposentados (que faleceram no mês anterior), bem como, pensionistas, possibilitando a interrupção do beneficio e retirada de folha.

A expectativa é que até o dia 1º de agosto o sistema esteja acessível a todos os órgãos. Quanto aos servidores públicos, a previsão é que até dezembro os serviços estejam disponíveis através do portal do contribuinte, o qual estará hospedado na página do Iperon . O acesso será feito por meio do CPF e a matricula e em seguida selecionar a opção desejada.

Para Roney Costa, presidente em exercício do Iperon; e Universa Lagos, diretora de Previdência, o sistema é importante por possibilitar ao Iperon melhor controle da arrecadação individual dos servidores por secretarias, numa ação integrada dos três Poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário), incluindo o Tribunal de Contas (TCE-RO), Ministério Público do Estado (MPE-RO), Defensoria Pública (DPE-RO) e Junta Comercial (Jucer), dando celeridade aos procedimentos administrativos para a concessão de benefícios, licença sem vencimento, auxílio reclusão, entre outros.

“O sistema dará mais agilidade aos procedimentos, mas só a partir de sua implantação é que poderemos precisar o tempo de redução para cada serviço”, observou Universa.


Fonte: Iperon
Post: G. Gomes
Para: www.deljipa.blogspot.com.br
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu Comentário, com responsabilidade:

Entre com o Email

Seja o primeiro a saber

Utilidades











Instagram


Top Comentaristas

Random Posts

Os Mais Acessados