14/07/2017

SINSEPOL enaltece trabalho da Policia Civil em Urupá e apresenta resumo dos trabalhos do primeiro semestre de 2017

Apresentamos uma breve resenha dos resultados obtidos nos primeiros meses de 2017, na Delegacia de Polícia Civil de Urupá. Sendo estes primordiais para alcançar uma sociedade justa e mais tranquila.

Neste ano a Polícia Civil tem realizado diversas ações, no tocante às suas atribuições ao combate à criminalidade (investigações, operações, prisões, etc.), tendo como principal atuação, no município de Urupá, os crimes patrimoniais que são, sem sombra de dúvidas, o maior causador da insegurança aos moradores desta Urbe. Nessa toada, no mês de fevereiro teve findada uma operação a qual culminou na prisão de 7 elementos que vinham aterrorizando a sociedade pela prática dos crimes de Tráfico de Drogas, receptação e furtos.

O Serviço de Investigação e Captura (SEVIC) da Delegacia em questão tem recuperado diversos veículos produtos de furto ou roubo, sendo até o momento totalizado 6 motocicletas e uma caminhonete, veículo este roubado na data de 20/03/2017, na cidade de Ji-Paraná, ao qual a vítima havia sido feita refém, e localizado por estes policiais em uma área rural de difícil acesso.

Em relação aos vários crimes de roubo solucionados, tem em destaque o fato ocorrido na fazenda do Ex-Vice Governador do Estado de Rondônia, onde foram apreendidas as res furtivas, um dos infratores e qualificado e indiciado o outro participante do nefasto.

Além dos trabalhos de praxe, estes polícias estiveram trabalhando em conjunto com a Polícia Federal de Ji-Paraná, culminando na apreensão de diversas notas falsas, além de desarticular toda organização criminosa que vinha agindo na cidade de Urupá, em relação a este crime.

Este mesmo SEVIC da Delegacia de Urupá, efetuou, até o início de julho do corrente ano, o montante de 24 prisões dentre preventivas e condenações. Em destaque, os oriundos de outras comarcas como a de São Paulo, onde um elemento de alta periculosidade veio a se domiciliar nesta cidade e após investigações foi logrado êxito em localiza-lo e realizar sua prisão, pelos crimes de roubo e receptação.

Como reconhecimento da importância dos trabalhos realizados pela Polícia Civil de Urupá, a Câmara de Vereadores veio a conceder o título de cidadão honorífico aos integrantes desta Delegacia.

Os resultados obtidos por pela Delegacia são frutos do comprometimento árduo dos poucos servidores aos quais compõe está Unisp, sendo a menor do estado, e com expressivos saldos positivos, enaltecendo o nome da honrosa instituição da Polícia Civil de Rondônia.

A Diretoria do SINSEPOL parabeniza os policiais civis lotados em Urupá pelo empenho e dedicação, apoiando e subsidiando o Ministério Público na Ação Civil Pública ingressada para o aumento do efetivo no quadro dos servidores, bem como oficializando e cobrando os órgãos competentes para sanar o problema do baixo efetivo, que conta apenas com sete servidores, sendo um delegado, um datiloscopista, dois escrivães e três agentes. Para a composição da escala ordinária de plantão seriam necessários, no mínimo, mais sete agentes. Trata-se da única Delegacia do Estado a fechar as portas às 13h30, somente três agentes de polícia na delegacia para atendimento da população, Comissariado, Administração, Registro de Ocorrencia, Investigações, submetendo ainda, os servidores ao sobreaviso desumano e causando graves problemas de saúde aos policiais. A diretoria do SINSEPOL vem trabalhando pela valorização da categoria, por dignas condições de trabalho e para que o servidor tenha seus direitos consagrados assegurados e resguardados.

A Diretoria.


Fonte: Sinsepol
Post: G. Gomes
Para: www.deljipa.blogspot.com.br
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu Comentário, com responsabilidade:

Entre com o Email

Seja o primeiro a saber

Utilidades











Instagram


Top Comentaristas

Random Posts

Os Mais Acessados