09/07/2017

A Stity Tecnologia, distribuidora das soluções Avast no Brasil, está orientando os administradores de redes a executarem o verificador de Wi-Fi para identificar possíveis computadores vulneráveis ao WannaCry, Petya ou Adylkuzz entre outros códigos maliciosos que podem afetar a infraestrutura de TI das empresas.

O recurso é oferecido em todas as versões das soluções Avast 2017 e pode revelar quais equipamentos, roteadores e dispositivos móveis conectados à rede que podem ser alvos de ataques, ou se já estão infectados, por exemplo, por um exploit, independente se o equipamento ou dispositivo tem ou não uma solução antivírus instalada.

Os recentes ataques foram possíveis devido a um exploit conhecido como EternalBlue, que se aproveita de uma falha MS17-010 da função de compartilhamento de arquivos e impressoras do Windows (tecnicamente, do protocol SMS). O WannaCry e o Adylkuzz atacam qualquer computador que teve o Windows atualizado para corrigir essa falha.

O escaneamento feito pelos usuários do Verificador de Wi-Fi entre 8 e 18 de maio revelou que computadores em todo o mundo ainda estão vulneráveis ao EternalBlue, inclusive o Brasil. Desde o dia 12 de maio, o número de computadores que não corrigiram a falha diminuiu, mais ainda assim há muitos que continuam sendo potenciais alvos de ataques de malwares diversos, principalmente de ransomware para o sequestro de dados empresariais.

A média mundial dos computadores que ainda contêm a falha segundo o sistema operacional Windows que utilizam é:

- Windows XP: 74,23%;

- Windows Vista: 68,11 %;

- Windows 7: 54,84%;

- Windows 8: 21,89%;

- Windows 10: 4,22%.

Dicas: Noticiaominuto
Post: G. Gomes
Para: www.deljipa.blogspot.com.br
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu Comentário, com responsabilidade:

Entre com o Email

Seja o primeiro a saber

Utilidades











Instagram


Top Comentaristas

Random Posts

Os Mais Acessados