22/06/2018

Delação de Palocci que enterra Lula, Dilma e Gleisi e afunda de vez o PT é homologada por desembargador do TRF-4

O desembargador João Pedro Gebran Neto Relator da Operação Lava-Jato no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) homologou nesta sexta-feira a delação premiada do ex-ministro Antonio Palocci, que foi ministro da Fazenda no governo do ex-presidente e agora presidiário Lula e também chefe da Casa Civil da gestão de Dilma Rousseff.

Depois de tentar, sem sucesso, fechar um acordo de colaboração com a força-tarefa da Lava-Jato em Curitiba, Palocci acabou firmando um acordo pontual com a Polícia Federal, sem o envolvimento de autoridades com foro privilegiado.

Palocci citaria episódios desabonadores envolvendo tanto Lula quanto Dilma e detalharia pagamentos de propina ao PT envolvendo empreiteiras investigadas no escândalo da Petrobras. Os termos do acordo firmado com a PF e agora homologado pela Justiça ainda estão sob sigilo.

Palocci está preso em Curitiba desde Setembro de 2016. Ele foi condenado por Sérgio Moro a 12 anos, dois meses e 20 dias de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Por: Nbo
Post: G. Gomes
Canal: www.deljipa.blogspot.com.br
Ilustração: encurtador.net/dgNX5