06/12/2016

Celia Casteado, funcionária boliviana que autorizou o plano de voo da aeronave que caiu levando a equipa da Chapecoense, pediu refúgio no Brasil.

De acordo com o portal R7, ela foi à Procuradoria da República em Corumbá, no Mato Grosso do Sul, acompanhada de um advogado, e entrou com o pedido.

O Brasil é signatário da Convenção das Nações Unidas sobre o Estatuto dos Refugiados, que determina a concessão de refúgio aquele perseguidos "por motivos de raça, religião, nacionalidade, grupo social ou opiniões políticas".

Seu pedido vai ser analisado pelo Ministério da Justiça, em um prazo que pode ultrapassar um ano. Enquanto isso, Casteado pode continuar legalmente no Brasil - o protocolo de solicitação de refúgio garante a ela o direito de ter também um CPF e uma Carteira de trabalho.

De acordo com o G1, foi ela quem assinou o plano de voo da companhia LaMia, cuja aeronave caiu perto da Medellin, matando 71 ocupantes e deixando seis feridos. O El País afirma que Casteado é procurada pelas Administração de Aeroportos e Serviços Auxiliares à Navegação Aérea da Bolívia (Aasaana), acusada de "descumprimento de deveres e atentado contra a segurança do voo".

No entanto, membros do sindicato afirmam que a controladora não teria autoridade para barrar o voo, mesmo com o plano mostrando que a autonomia da aeronave era a igual ao tempo de viagem: 4 horas e 22 minutos. O avião caiu após ficar sem combustível.

Ainda de acordo com o El País, há suspeita de que as anotações que Casteado teria feito no plano de voo foram produzidas após o acidente, para que ela pudesse se eximir da responsabilidade pelo acidente. O sindicato acusa autoridades de tentarem transformar a controladora em "bode expiatório". 

Informações: Brasil Post
Capa:http://zip.net/bftx1N
Post: G. Gomes
Canal: www.deljipa.blogspot.com.br
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu Comentário, com responsabilidade:

Entre com o Email

Seja o primeiro a saber

Utilidades











Instagram


Top Comentaristas

Random Posts

Os Mais Acessados