13/05/2017

Em Junho, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região terá um novo presidente. Thompson Flores, atual vice-presidente do TRF4 assumirá o comando de um tribunal que vem sendo observado de perto por conta dos trabalhos da Operação Lava Jato, ao qual é subordinado.

Em entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã, Flores defendeu o trabalho do juiz federal Sérgio Moro na condução das investigações e disse que compartilha de sua opinião: “é o brasileiro do século 21”.

O desembargador afirmou ainda que as teses sustentadas nas sentenças que chegam ao tribunal são, em sua “imensa maioria”, mantidas. Apenas dois ou três réus, que foram personagens secundários, foram absolvidos. E outros tiveram suas sentenças aumentadas.

O núcleo da sentença tem sido confirmado pelo tribunal e alguns personagens secundários foram absolvidos e outros tiveram suas penas aumentadas”, explicou.

No caso do ex-presidente Lula, Thompson Flores falou, hipoteticamente, sobre a possibilidade de o petista recorrer à sentença preso. “Se Moro proferir sentença condenatória, a defesa irá recorrer. Se a oitava turma, por hipótese, confirmar por unanimidade. Nesta hipótese, há sumula no tribunal neste sentido, o relator deverá examinar matéria e poderá determinar que ele seja recolhido a prisão de modo imediato”, disse.

Thompson Flores destacou ainda que o TRF4 trabalha de forma célere e já julgou 651 processos referentes à Operação Lava Jato desde que o primeiro recurso chegou ao tribunal, em 7 de Fevereiro de 2014.

Post: G. Gomes
Redação: NBO
Vídeo: YouTube
Canal: Jovem Pan
Canal: www.deljipa.blogspot.com.br
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu Comentário, com responsabilidade:

Entre com o Email

Seja o primeiro a saber

Utilidades











Instagram


Top Comentaristas

Os Mais Acessados