08/08/2017

Um servidor federal e um estagiário do Tribunal de Justiça, ambos turistas de Brasília, estão presos em Fortaleza desde domingo (6/8/17). Eles são suspeitos de embebedar uma jovem de 17 anos, estuprar a vítima e divulgar um vídeo do abuso sexual.

A adolescente teve imagens expostas em redes sociais e relatou nesta terça-feira (8/8/17) que estava desacordada durante o crime. A vítima contou que desmaiou após beber um copo de cerveja na companhia dos dois homens.

"Eu lembro que eu fui ao banheiro. Quando eu saí, o meu copo estava vazio; quando voltei, estava cheio. Aí eu derramei. Quando eu derramei, eu coloquei mais bebida e desde aí eu não me lembro mais nada. Quando eu acordei, tinha enfermeiros e policiais no quarto. Até então, eu não lembro de mais nada", contou.

"Não sei se eles me deram algo, não vou afirmar, mas também não vou dizer que não deram, porque eu não lembro", disse a jovem.

De acordo com o G1, o resultado de exames deve indicar se a garota ingeriu alguma substância que possa tê-la mantida desacordada.

Os suspeitos disseram em depoimento aos policiais que o sexo foi consentido. A versão foi negada pela delegada. "Não tem como ela ter consentido porque ela estava desacordada no vídeo. Depois que a polícia chegou ao local, teve que chamar o Samu [Serviço de Atendimento Móvel de Urgência], porque ela estava realmente desacordada", afirmou a delegada Giselle Martins.

"O autor do vídeo ele se identifica, ele filma a própria imagem, foi possível também confirmar que essa mesma pessoa divulgou esse vídeo, então por conta disso ele vai responder pelos três crimes: estupro de vulnerável, pelo fato de ele ser responsável por essa filmagem e por ter divulgado a filmagem contendo imagens íntimas de uma adolescente", completa.

DENÚNCIA

A denúncia foi feita à Polícia Militar pelas amigas da vítima, que receberam dos suspeitos o vídeo compartilhado em um grupo de WhatsApp. "Os homens levaram a adolescente para o quarto de um flat e divulgaram um vídeo da garota no qual ela aparece desacordada e nua, em um grupo de mensagens instantâneas criado com as amigas da garota. Um dos suspeitos chega a tocar na garota", afirma a nota da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social.

Informações: Notiaominuto
Post: G. Gomes
Para: www.deljipa.blogspot.com.br
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu Comentário, com responsabilidade:

Entre com o Email

Seja o primeiro a saber

Utilidades











Instagram


Top Comentaristas

Random Posts

Os Mais Acessados